Quentinhas.

Achei um mimo simpático para as convidadas, uma vez que o casamento foi no interior, no inverno, no final da tarde.

Sei que todas adoraram, porque acabou num piscar de olhos ;)
Anotaê essa dica: mimos “diferentes” para as convidadas é bacana.

Dicas do casamento.

Nada é tão útil quanto a própria noiva ajudando os convidados nas dicas, dizaê. Hahaha.

1- Venha com o sapato que quiser. O casamento é no jardim, mas ele estará coberto por um piso deck (sem espacinhos chatos que entram o salto ou tropeços).
2- Preste atenção na cor da sua roupa, caso você seja mulher!
3- Venha de taxi ou de carro. De toda forma, teremos vallet
4- Junho é um mês frio por si só. Venha quentinho! (Mas teremos pashminas para vocês, mulheres)
5- A festa está sendo inteira feita para ser acessível para cadeira de rodas.
6- Venha arrumadinho. De terno e bem cheiroso. E mulheres, venham com roupa de casamento, haha.

Ah gente. É sem graça ficar fazendo exigências das pessoas, né!
Só quero mesmo que vocês venham <3

Tag.

Eba! Eba! Eba!
Já temos as pashminas :)
As cores são bege, laranja e vinho/bordô/vermelho ruby/cereja/um tom que eu gosto. Super bonitas!
Agora o que falta é a tag para colocar nas pashminas.

Alguma sugestão?

Bem quentinhas.

Prontoooo!

Contei uma surpresa do casamento.
(É, porque eu não aguento guardar surpresas legais e divertidas.)

Uma amiga da minha irmã casou no inverno (setembro?) e deixou pashminas na entrada para as convidadas desavisadas não ficarem mau humoradas por causa do frio.
Achei muito legal, e resolvi copiar. No entanto ainda não sei quais serão as cores das pashminas.

Os chinelos geralmente tem em casamentos e apesar d’eu não gosto de sair do look lindo e glamorouso (aka tirar o sapato), eu acho simpático ter havaianas para as pessoas dançarem até o amanhecer.

ps: não estarão numa cesta estranha assim, fiquem tranquilas.