Lustre.

Durante as conversas de decoração, nos sugeriram aquele lustra maravilhoso de cristal que troca de luz de acordo com sei lá o que.
Adivinha minha cara!? Foi tipo: SOCORRO, ME TIREM DAQUI!
Falei para a Liana (minha decoradora): mulher se vira mas, aquilo de jeito manero.

Foi aí que ela surgiu com a idéia linda e fez este lustre.
Eu amei, porque? Porque ninguém teve igual, porque foi original, e porque ela mesma que criou para o nosso casamento.
Dez a zero naquele lustre de cristal, dizaê.
(na foto parece que dentro tem uma cúpula branca, mas não tem não.)

Totalidade do casamento.

Resumindo (ai que dó resumir só nisso!?) essa foi a cara do casamento.

Sem cadeiras tiffany, sem cristais, com arranjos altos, com muito muito muito verde, com o por do sol, com aconchego, com cara de festa, mas sem aquela cara clichê de casamento.
Just what we wanted.